Gatilhos mentais para aumentar as vendas do seu evento

Como a utilização de gatilhos mentais em publicações/e-mail pode aumentar a venda, impactar e gerar ainda mais faturamento para o seu evento.

Os gatilhos mentais são cada vez mais utilizados como estratégia de vendas, se usados corretamente tornam-se fundamentais no processo de decisão do cliente. 

Principalmente porque o fechamento de uma venda está diretamente relacionado com a tomada de decisão por parte do consumidor.

Segundo estudos da psicóloga e economista Sheena Iyengar, uma pessoa tem 70 decisões por dia, e destas, 50% são feitas em cerca de 9 minutos ou até menos,  enquanto apenas 12% das decisões demoram uma hora ou mais.

Por isso é importante entender que qualquer que seja o tipo de negócio que se queira vender, é preciso facilitar a tomada de decisão e ajudar o cliente a fazer boas escolhas.      

Por que os gatilhos mentais são usados?   

Gatilhos mentais direcionados para divulgação e vendas, possibilita que o público alvo (os seus clientes) sejam impactados positivamente e tomem decisões assertivas no momento da compra.

O uso de gatilhos mentais não são formas de manipulação, é importante destacar que eles são informações isoladas que todos nós possuímos e que, de acordo com os estímulos que recebemos, provocam reações automáticas.

Por isso, conhecer bem esses gatilhos e utilizá-los não é uma forma de manipulação e sim, uma estratégia para garantir as vendas, conquistar e fidelizar clientes e não ter prejuízos financeiros.

Recomendado:3 dicas para se diferenciar dos concorrentes e fidelizar seu público

Como utilizar os gatilhos mentais?

O cérebro humano absorve uma quantidade imensurável de informações, por isso a nossa mente é parcialmente programada para responder a certos estímulos. 

Com isso, os gatilhos mentais quando ativados, facilitam na assimilação e na da tomada de decisão.

Eles existem para que você consiga realizar algumas tarefas sem que isso demande muito esforço, por isso são facilitadores. 

Como por exemplo, ao entrar em um site e receber uma notificação ou alerta para clicar e baixar um ebook, você é levado quase que automaticamente a agir (clicar), sem que isso demande muito esforço, seu cérebro já assimila o ação (o clique) a decisão (querer baixar o ebook).

Como são muitas as decisões que cada pessoa toma ao longo do dia, e as marcas ganham muito quando conseguem facilitar a escolha, ao direcionar, através de gatilhos mentais, as escolhas do consumidor.

Quando o intuito é divulgar eventos, festivais, palestras, festas, show, entre outros, os gatilhos podem ser utilizados para fazer com que o público compre os ingressos, compartilhe os dados do evento, recomende, participe do evento e queira frequentar outros.

Por isso é importante conhecer e dominar o uso desses gatilhos, não com o propósito de induzir as pessoas a consumir algo que não querem e não precisam, mas como estratégia de vendas e de divulgação.

5 Gatilhos Mentais e como usá-los para divulgar e vender eventos.

É importante para qualquer pessoa que busque diversão, entretenimento, conhecimento, e que pretenda comprar um ingresso para show, festival ou palestra, que ela saiba o que irá encontrar.

É responsabilidade do produtor de eventos mostrar para o seu público os benefícios e vantagens de obter ingressos para seu evento. 

Ele precisa saber que terá algo em troca, ainda que seja apenas sua satisfação. 

No entanto, para melhorar a ideia de receber algo em troca, a reciprocidade é um gatilho que deve ser utilizado.

1. Reciprocidade: a resposta de uma ação positiva com outra ação positiva.

No processo de divulgação e venda, é fundamental estabelecer com o cliente uma relação recíproca, mostrar para ele que estar presente no seu evento trará coisas boas, sejam elas boas experiências, brindes, participação em sorteios, em caso de shows ter a oportunidade de conhecer o artista, participar de acontecimentos inéditos, receberem bebidas gratuitas, surpresas, bom atendimento, qualidade de ambiente, conforto, enfim,  ao cliente que ele irá receber algo valioso, assim a resposta positiva virá, através do convencimento do cliente, da efetivação da venda, de indicações e propagandas gratuitas.

Não esqueça de mandar sempre uma pesquisa de satisfação para melhorar e colher informações de como está o seu evento, como melhorar a experiencia do seu consumidor dentro e fora do seu evento.

2. Aprovação Social: levar em consideração o que os outros fazem.

A aprovação social é um dos gatilhos mentais mais utilizados tanto por vendedores, como pelos consumidores, que através da ideia “se todo mundo compra” tomam a decisão com o “também preciso comprar”.

Existem diversas formas utilizar esses gatilhos mentais para eventos: divulgar a opinião dos clientes satisfeitos, postar vídeos e fotos que um público de muitas pessoas, alegres e empolgadas, apareça; associar o evento a boas marcas (sejam de artistas, bebidas, patrocinadores) também é uma prova social. 

No uso da aprovação social como gatilho, é importante levar em consideração que as pessoas não querem se sentir de fora, excluídas, e por isso procuram seguir o coletivo, os lugares que frequentam, as preferências, o que estão vivenciando, de quais eventos participam e onde a maior parte desse círculo social vai, pois é característica do ser humano observar o que os outros fazem e se espelhar em pessoas do mesmo convívio.

3.  Escassez:  o interesse pelo que está menos disponível.

Seguindo a linha de raciocínio da aprovação social, se muitas pessoas estão adquirindo ingressos para um mesmo evento, se várias outras estão lotando lugares, frequentando as mesmas festas, inevitavelmente as pessoas irão ter mais interesse em fazer parte. 

A curiosidade, a expectativa e a procura por ingressos serão ainda maiores.

Por isso a escassez é um bom gatilho mental, pois desperta a velocidade da compra, o maior interesse. 

Mas nesses casos é sempre bom ser verdadeiro, anunciar que as vendas estão rápidas e restam poucos ingressos quando não for verdade, poder despertar o efeito contrário e gerar decepção daqueles que comprar e não participam de um evento lotado e exclusivo.

4. Urgência: sensação de que o tempo está esgotando e a compra deve ser feita.

O gatilho mental que foca na urgência tem relação direta com o gatilho da escassez, pois uma vez que o público percebe que estão se esgotando a possibilidade de participar de um evento devido a escassez dos ingressos, cresce a urgência  de comprá-los.

Enquanto a escassez está relacionada com a disponibilidade, o gatilho da urgência desperta o interesse pelo falta tempo, ou seja, os ingressos têm um tempo estipulado para ser comprado.

Essa estratégia é ótima para ingressos vendidos com antecedência, pois é estipulado um tempo limite para a compra e isso desenvolve a sensação de não querer se arrepender de não ter comprado os ingressos a tempo, e perder a chance de participar do evento.

A urgência em adquirir algo, seja um produto ou um ingresso, nos faz pensar que é muito melhor comprar logo do que se arrepender depois!

5. Curiosidade: a busca por mais informações.

Usar elementos que despertem a curiosidade faz com o que o público tenha vontade de saber mais e busque mais  informações a respeito do seu evento, consequentemente, ao obter maiores informações – que devem todas estar associadas aos gatilhos mentais já mencionados aqui –  será mais fácil convencer e vender.

Mostrar aftermovies, fotos, relatos e conteúdos de eventos anteriores também desperta a curiosidade nas pessoas, que se interessam em ir aos próximos eventos pela vontade de participar e descobrir o quão positivo eles são.

O gatilho mental da curiosidade leva as pessoas a querer saber, motiva a ação, e faz com que elas cliquem em botões como “saiba mais”, “tenha mais informações”. esse gatilhos também são importantes para fidelizar o público, alcançar mais pessoas e obter mais seguidores nas redes sociais. 

Tudo isso torna mais fácil alcançar o objetivo de divulgação e venda do seu evento!

Esses 5 gatilhos são apenas os principais mais utilizados, mas existem ainda vários outros que podem servir como divulgação e meio para vender eventos! 

Se você ficou interessado, continue acompanhando nossos conteúdos. 

Ainda temos muitas outras estratégias e informações que podem ajudar você a melhorar bastante seus mecanismos de venda!

Recomendado: Pré-venda: comece a fazer agora mesmo