Já é Jogos: 5 passos para levar sua atlética ao topo dos jogos universitários

Já é Jogos: 5 passos para levar sua atlética ao topo dos jogos universitários

1. Arrecadar recursos financeiros

Em muitas situações na vida, felizmente – ou infelizmente-, dependemos do dinheiro. Em algumas ocasiões, é a quantidade de recursos financeiros que dispomos que vai ditar a qualidade de uma produção ou o sucesso de um projeto, por uma série de fatores. Claro que essa não é uma regra geral. Várias vezes a falta de recurso financeiro é muito bem suprida pelos recursos humanos presentes.

Mas, no cenário de jogo universitários, podemos destacar a importância do capital para fazer a contratação de um bom técnico, por exemplo. Esse é um caso em que a qualidade dependerá do quanto de dinheiro está disponível, pois excelentes técnicos costumam valer mais no mercado.

Um outro exemplo da relação dinheiro x qualidade são os materiais a serem produzidos para os jogos, como uniforme, artigos para a torcida e etc. Esses itens fazem a diferença, já que eles transmitem uma sensação de atlética organizada. A parte visual como um todo que compõe a equipe acaba caindo no velho julgamento do livro pela capa.

Para garantir que sua atlética não ficará na mão nesse quesito, planeje eventos e ações para arrecadar fundos e garantir a reserva do caixa.

Procure realizar esse esses eventos ou ações da maneira mais econômica possível, buscando parcerias ou contribuições dos membros os times. Uma boa opção e econômica para eventos é utilizar a plataforma Eventou para vender ingressos, gerenciar as vendas, entre outros benefícios. Conheça mais aqui.

2. Investir no treino dos atletas

Mas nem só de dinheiro vive a atlética. É preciso mostrar treino e talento na quadra! E, para isso, realizar treinos com disciplina e regularidade. A frequência em que os encontros da equipe ocorrerão é importante para manter uma constância e garantir qualidade técnica.

Os atletas talentosos se destacam, mas não é corretor depositar toda a confiança na performance deles. Afinal, estamos falando de um time e todos tem sua importância e papel a serem desempenhados.

Sendo assim, os treinos servirão para identificar quem ainda tem alguma dificuldade e precisa ser trabalhada, aquele que apresentará melhor resultado em outra posição/função, entre outros. Esse será o momento de alinhar todos e, até mesmo, fazer com que cada membro do time conheça seu companheiro de equipe e suas habilidades, promovendo assim um melhor desempenho no grupo durante os jogos.

3. Promover integração entre os membros da equipe

Ter um time com sinergia é fundamental dentro da quadra! Saber reconhecer se um colega está tentando disfarçar algum mal-estar, se está tendo algum problema com outro membro da equipe, conseguir se comunicar apenas com o olhar ou “ler os pensamentos” do seu parceiro de time. Atitudes como essa durante o jogo podem fazer a diferença.

Devido ao convívio na universidade, muitos já se conhecem e são próximos, outros nem tanto. Geralmente existem grupos formados em sala de aula por identificação, gostos e etc, fazendo com que o time não tenha a sinergia citada anteriormente.

Para buscar esse contato próximo, promover momentos de integração da equipe é quase que obrigatório nesse cenário. Não precisa ser nada “forçado”, provocando o sentimento de “dever” em estar ali. Pode ser um lanche pós-treino, já que durante o treinamento é preciso haver foco e, por isso, não é o momento mais indicado para descontração.

Converse com a equipe para definir as melhores possibilidades de fazer essa integração, pois todos devem se sentir à vontade para participar.

4. Planejar, organizar e executar!

Essas são as três principais etapas de um projeto e que merecem muita atenção! Qualquer falha em algum desses momentos pode prejudicar o bom andamento do que vocês estiver fazendo.

Pense que devido a uma falta de atenção, sua atlética pode ser prejudicada e, dependendo da situação, afetar o desempenho dela nos jogos. Por exemplo: o transporte que vai levar as equipes até os jogos pode atrasar. Por isso verifique se a empresa contratada é de confiança e já apresentou algum tipo de problema em outras situações, como foi resolvido e etc.

Procure também fazer a sua parte e marcar horários com antecedência pensando nos imprevistos que possam acontecer.

5. Revisar os detalhes

Fez tudo que estava ao seu alcance? Agora é hora de conferir se não deixou nenhum detalhe passar. É hora de fazer as últimas ligações para confirmar reservas de alojamento, do transporte, enviar lembretes as equipes e tudo que possa garantir que não ocorrerão surpresas desagradáveis que possam impedir você de levar sua atlética ao topo dos jogos universitários.

Bônus

Busque patrocínios de empresas que apoiem, sejam do ramo universitário e vestem a camisa do esporte, essas empresas vão entrar com capital para vocês levarem a marca dele para os jogos. Não esqueça que esse contrato deve ser vantajoso para ambos os lados, principalmente o de vocês. Se você é de atlética e tem interesse em levar sua atlética a jogos, entre em contato com nossa equipe, a Eventou conta com um suporte especial e fundos de patrocínio.

Fale com um especialista